Clínica Dentária Happy | Ortodontia
529
post-template-default,single,single-post,postid-529,single-format-quote,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Ortodontia

— Ortodontia

A primeira característica a ter em conta, é a avaliação do factor idade e o tipo de má oclusão, visto que cada paciente responde de forma diferente ao tratamento.

Os problemas de má oclusão podem ser hereditários (apinhamento dentário, dentes muito separados, falta ou excesso de dentes) ou adquiridos (chuchar no dedo, perda precoce dos dentes, posicionamento incorrecto da língua, respiração deficiente, etc…).

A época mais indicada para a primeira consulta ao Ortodontista, é no início da substituição dos dentes decíduos pelos dentes permanentes, ou seja na fase de dentição mista.

No paciente adulto, não existe idade limite para iniciar o tratamento, mas alguns factores devem ser avaliados com cautela, como os tecidos de suporte dentário, que inclusive podem contra indicar a colocação de um aparelho.

O tempo de tratamento varia de acordo com os factores que levaram à colocação do aparelho, por isso não é possível definir exactamente a duração do uso do aparelho. Em média, dois a três anos é o tempo de tratamento activo.

A colaboração do paciente e de alguns factores biológicos podem interferir no tempo e nos resultados finais planeados. É importante a consciencialização do paciente para a colaboração com o Ortodontista durante o tratamento. Seguir as instruções dadas, principalmente em relação a higiene oral, pois os resíduos alimentares podem dar origem as cáries e problemas gengivais mais sérios.